perda de materiais medicos

Como o distribuidor pode evitar a perda de materiais médicos?

Inúmeras são as causas que contribuem para perdas de materiais médicos nas distribuidoras.

O que muitas pessoas não sabem é que esses desperdícios muitas vezes são decorrentes de fatores que podem ser facilmente corrigidos ou evitados, por exemplo, ao se tratar de erros humanos ou de má gestão, furtos e vencimentos.

E para que a distribuidora consiga se antecipar e evitar essas complicações, por consequência, a perda de materiais médicos, elencamos alguns fatores que podem contribuir com as melhorias nos processos. Acompanhe!

5 dicas para sua distribuidora evitar a perda de materiais médicos

1 – Capacitar os colaboradores

Atualmente a falta de mão de obra especializada ainda é um dos principais fatores que resultam em perdas de materiais médicos, desperdícios e mau uso dos produtos.

Por isso, é necessário que os colaboradores sejam capacitados para trabalhar nas áreas médicas para que garantam cada vez mais eficiência nas execuções das demandas e dos processos.

2 – Investir em uma gestão eficiente

Não é de hoje que falamos que uma gestão eficiente garante muitos benefícios e resultados para as distribuidoras. Nesse sentidos, a má gestão dos processos pode atrapalhar consideravelmente nas estratégias do negócio.

É importante que a sua distribuidora esteja atenta em garantir que a gestão cheque todas as entradas e saídas do estoque, tenha o controle preciso dos fluxos, além de garantir a gestão operacional, acompanhamento dos materiais, prazos e estoque .

Todo esse controle contribui de maneira assertiva na redução dos desperdícios, e para isso, é possível contar com um software especializado que concentre todas as informações precisas e atualizadas em tempo real em um único lugar.

3 – Estar atento aos desperdícios e furtos

Uma questão bem delicada e que precisa de muita atenção são os desperdícios, que muitas vezes podem estar diretamente relacionados aos desvios e furtos nas distribuidoras.

Mais uma vez, um software de gestão especializado pode ajudar e muito para manter o controle das entradas e saídas dos materiais no estoque. Com as informações mais precisas, é possível identificar mais rápido as falhas e contorná-las em tempo.

4 – Evitar perda de materiais

Se não houver um controle eficiente do estoque, como por exemplo com a ajuda de um sistema de gestão que citamos acima, a possibilidade de perdas de mercadorias por conta do vencimento é bem grande.

Caso a sua distribuidora já não tenha uma gestão eficiente e o seu capital humano também não tenho os conhecimentos necessários, com certeza o risco para a perda de materiais é alarmante, pois muitos produtos deverão ser descartados após exceder seu prazo de validade.

5 – Apostar na tecnologia

Muitos dos problemas já destacados acima decorrem da falta de tecnologia nos processos. As pessoas dentro da distribuidora são fundamentais para garantir o sucesso de cada etapa, mas acontece que muitas falhas poderiam ser evitadas se houvesse um investimento em tecnologia, principalmente ao se tratar de ambientes hospitalares, que exigem muito mais atenção em seus processos.

Por esse motivo, optar por um sistema de gestão automatizado é a forma mais eficaz para garantir que os resultados sejam positivos. Assim, é possível obter um controle mais preciso e eficaz das informações a serem acompanhadas.

Sua distribuidora sofre muito com a perda de materiais médicos? Compartilhe conosco quais ações são executadas no seu negócio para evitar esses transtorno.

VS_CTA_eBook17_TrilhaEmails

 

1 responder
  1. Mayara Soeiro says:

    Boa Tarde!!!
    Ótimo tema abordado.
    Concordo com todos os pontos, se a empresa distribuidora não investir em todas estas dicas mencionadas no Blog, a probabilidade de perdas será certa.
    O gerenciamento de produtos médicos exige muita capacidade técnica dos produtos e investimento nesta parte de gestão para obter sempre eficacia nos processos.

    Mayara S. Scatena

Deixe uma resposta

Quer se juntar à discussão?
Sinta-se à vontade para contribuir!

Deixe um comentário