Imagem de uma mulher de jaleco, sentada, mostrando a tela de um notebook para um homem

Gestão da importação: como um bom ERP de saúde pode facilitar os processos de importação na sua empresa

Importação é um fator inerente a empresas da área da saúde, sejam hospitais, clínicas e laboratórios, sejam importadoras, fornecedores e distribuidoras de OPMEs, medicamentos ou produtos correlatos.

Do mesmo jeito, são inerentes à importação os trâmites legais, regulatórios e burocráticos. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) estabeleceu normas específicas para esse tema por meio da RDC 208

Aliás, se você quiser se aprofundar ainda mais sobre a norma da Anvisa, sugerimos baixar o nosso e-book “Regulamentação ANVISA: Tente não cometer as principais falhas na importação de produtos médicos”.

Neste artigo, por sua vez, iremos abordar os principais atributos da gestão da importação, destacando como o módulo de comércio exterior do ERP da Visto Sistemas pode ajudá-lo a gerir esses processos.

Qual a importância de um ERP na saúde?

Empresas da área de saúde, como hospitais, clínicas, laboratórios, têm operações complexas e sensíveis. Nessas organizações, pressa e perfeição precisam muitas vezes caminhar juntas.

Por isso, qualquer ferramenta que ajuda a conciliar agilidade e eficiência deve ser utilizada. É em tal contexto que um ERP se destaca e aparece como peça importantíssima na rotina organizacional.  

Um exemplo é a troca de dados e informações entre os diversos setores de uma empresa da área de saúde. Com a implantação de um ERP — sobretudo um sistema desenvolvido especialmente para o setor da saúde, como é o caso da solução da Visto Sistemas —, torna-se mais simples e fácil tanto uma visão geral da operação quanto o foco em atividades necessárias a cada caso e momento.

Isso porque um software como o da Visto pode mostrar informações entre um determinado espaço de tempo e, desse modo, é possível otimizar os aspectos que não estão atingindo as performances desejadas.

Ou seja, a importância de ERP na área de saúde deriva da possibilidade de otimizar processos e agir em fatores críticos de sucesso do negócio. Ou, sob uma ótica geral, elevar a excelência da operação em hospitais, clínicas, laboratórios e demais empresas do setor.

Como um ERP pode auxiliar no processo de importação? 

Otimização de tempo, controle burocrático e minimização de erros estão entre os benefícios que um ERP traz para o processo de importação, como veremos nos tópicos a seguir.

Maior confiabilidade na rotina de importação

Atenção aos detalhes e sólido conhecimento sobre as burocracias alfandegárias são pré-requisitos básicos em qualquer processo de importação. 

A sinergia necessária para isso, pois demanda uma série de atividades relacionadas, é obtida muito mais facilmente com um softwares de gestão integrada como o ERP da Visto. O que, por sua vez, garante maior confiabilidade ao processo como um todo.

Reduzindo trâmites burocráticos e otimizando tempo

Meticulosas e burocráticas, as transações internacionais podem esbarrar em problemas sérios quando os processos e rotinas são baseados em ferramentas eficientes e inapropriadas. 

Portanto, para que as equipes envolvidas não afundem num mar de lentidão e improdutividade, a solução tecnológica torna o investimento extremamente válido.

Redução de erros

Uma simples e banal função para um software de gestão, como preencher formulários, é exemplo suficiente para se perceber como a tecnologia pode evitar erros que a mente humana, suscetível a enganos por atividade repetitiva, facilmente cometeria.

Portanto, um ERP garante maior agilidade e lisura à administração documental e ao acompanhamento da carga a ser nacionalizada.

Melhor gestão de documentos

Entre os documentos específicos e essenciais para a nacionalização de produtos estão diversos itens que exigem emissão, gerenciamento e arquivamento.

Todos esses arquivos, sejam físicos ou digitais, precisam ser geridos com o máximo de organização e o mínimo de equívocos. E, com um sistema ERP, a gestão de documentos é feita de forma mais ágil e assertiva. 

Tecnologias para gestão da importação de produtos de saúde

A tecnologia é certamente a principal aliada da gestão da importação, um processo com características de negócios muito específicas. Automatizar esses processos de importação evita que erros sejam cometidos e possibilita a padronização de todas as atividades inerentes, dando suporte aos operadores. 

A área da saúde tem inúmeros pormenores, e no quesito importação não é diferente. Além disso, existe uma burocracia própria da gestão da importação, que envolve autoridades, empresas e fornecedores de diversos países. Ou seja, é um processo bastante complexo.

Portanto, contar com um sistema que esteja alinhado a todos esses trâmites é uma maneira de tornar esse processo mais simples, viabilizando a rastreabilidade e a automação de várias etapas do processo. 

Módulo de gestão da importação do ERP da Visto Sistemas

O ERP da Visto Sistemas é uma solução completa e totalmente voltada às necessidades do segmento da saúde, com processos automatizados e fluxos integrados, que simplificam as operações diárias e dão suporte ao crescimento do negócio. O sistema foi desenvolvido para atender às demandas de fabricantes, importadores, distribuidores e assistências técnicas.

Na sua versão Interprise, a mais completa, o ERP possui módulos comerciais de compra e venda; gestão da cadeia de suprimentos com controle de estoque; e financeiro, envolvendo faturamento e todos os processos fiscais. Além disso, esta edição oferece gerenciamento de patrimônio, contabilidade, custos, comércio exterior, assistência técnica e produção com análise de manufatura.

E é o módulo de comércio exterior que proporciona a automatização dos processos de importação, por meio das seguintes funcionalidades:

Controle de toda a cadeia logística de importação

O sistema acompanha toda a logística dos produtos a serem enviados, desde o pedido elaborado até o transporte e o gerenciamento de coleta dos contêineres no porto – programação de retirada dos contêineres com informação de data e horário de retirada no porto e placa e motorista que irá realizar a coleta. 

Registro ágil de informações

O sistema permite que o registro das informações referentes à importação seja realizado de modo rápido e ágil. A recuperação dessas informações também é feita de maneira simples. 

Gestão da documentação

Todos os documentos legais necessários ao processo de importação são gerenciados pelo módulo de comércio exterior, que realiza inclusive o gerenciamento da licença de importação (a LI, uma autorização para importar determinados produtos).

Workflow de acompanhamento

Todas as etapas da importação podem ser acompanhadas em tempo real, por meio de um workflow, que inclusive aponta de quem é a responsabilidade daquela ação no momento. O fechamento do câmbio também pode ser visualizado no workflow. 

Como implementar um ERP na sua empresa

Que tal conhecer mais a fundo um ERP como o da Visto Sistemas, desenvolvido especialmente para empresas da área da saúde? Entre em contato conosco para uma demonstração!

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer se juntar à discussão?
Sinta-se à vontade para contribuir!

Deixe um comentário