gestão clinica

Programas de acreditação: por que tem tudo a ver com a gestão clínica?

Para que seja considerada uma gestão clínica eficiente, é fundamental que seja oferecido um atendimento de excelência, um serviço de qualidade e um espaço que, como um todo, possa ser realmente acolhedor e seguro.

Mas, como atingir esse alto nível? É justamente pensando nisso que existem programas de acreditação, uma espécie de sistema de avaliação e certificação da qualidade dos serviços de saúde. Através de regras e padrões, estas exigem adaptação, ao mesmo tempo em que facilitam a vida de quem almeja uma gestão clínica de excelência.

Confira, abaixo, qual é, de fato, o objetivo final dos programas de acreditação e como estes influenciam na gestão clínica e, consequentemente, no resultado de soluções hospitalares.

Qual é o objetivo dos programas de acreditação?

No caso, o objetivo dos programas de acreditação é melhorar a gestão clínica como um todo, verificando se os requisitos de atuação estão sendo cumpridos e de que maneira é possível aperfeiçoar o trabalho em prol da qualidade e segurança de todos os envolvidos.

Trata-se de um processo pautado em três princípios fundamentais:

1- Voluntário: a organização deve solicitar sua realização de forma voluntária, ou seja, por simplesmente almejar uma melhor gestão clínica;

2- Periódico: após a avaliação e conquista da certificação, deve haver uma revalidação periódica para garantir que as regras estão sendo seguidas;

3- Reservado: as informações são restritas à instituição – isso significa que não devem ser divulgadas para terceiros ou agentes externos.

Além disso, é importante destacar que o processo não tem qualquer vínculo governamental ou caráter oficial: é eminentemente educativo. Ele visa, portanto, melhorar os processos e trazer para a cultura da instituição os padrões nacionais e internacionais, a fim de promover uma gestão clínica qualificada e eficiente.

Principais benefícios da acreditação para a gestão clínica

Mais do que saber o objetivo dos programas de acreditação, é fundamental pontuar quais são os benefícios que eles oferecem para a gestão clínica na prática. Vamos a eles:

1- Capacitação do capital humano

O aprimoramento profissional é importante em qualquer atividade – e não seria diferente ao pensar no ramo da saúde. Sendo assim, os programas de acreditação analisam a atuação dos colaboradores e proporcionam capacitações com base no que precisa ser aprimorado.

Com isso, o objetivo é manter um padrão de atendimento ao longo de toda a experiência do paciente e, logo, atingir a satisfação. Além disso, é uma maneira de valorizar o profissional e ampliar ainda mais o vínculo entre as partes.

2-Padronização de processos

Não há como obter uma gestão clínica sem contar com processos bem definidos. Mesmo que algumas pessoas vejam isso como algo extremamente burocrático, os processos nada mais são do que o caminho e as regras que devem ser seguidos para alcançar o sucesso.

Desta forma, a acreditação avalia toda a estrutura e realiza melhorias a fim de garantir de que a equipe está atuando como organização, ou seja, evitando que cada um pense e aja de forma distinta.

3- Automatização de procedimentos administrativos

Outro benefício visível da acreditação para a gestão clínica diz respeito à automatização dos procedimentos internos. Com a tecnologia adequada, evita-se perder documentos ao mesmo tempo em que facilita-se e agiliza-se o trabalho de todos os setores.

4- Profissionalização da gestão

Os programas de acreditação têm como princípios recomendar as melhorias, estimular o progresso do entendimento e da racionalização e, consequentemente, buscar os resultados ideais para a instituição.

Todo esse processo força a empresa a inovar e se manter atualizada. E, com isso, a tornar a gestão clínica cada vez mais profissional e preparada para buscar a excelência.

5- Melhoria na imagem institucional

Obter uma imagem positiva frente a parceiros, funcionários e pacientes é, com certeza, um dos maiores desejos de qualquer instituição. Isso se torna possível no momento em que é conquistada uma gestão clínica eficiente, voltada para a sustentabilidade, um ambiente de trabalho agradável e, principalmente, um serviço de saúde de qualidade.

Além disso, as instituições que obtém a certificação da acreditação se tornam referência no setor e elevam ainda mais a confiabilidade pública.

6- Otimização no clima organizacional

A acreditação hospitalar contribui diretamente no ordenamento institucional. Dessa forma, é inevitável que o ambiente de trabalho se torne mais saudável,  aumentando a produtividade e a motivação dos funcionários e reduzindo a rotatividade.

Em suma, há uma melhora no clima organizacional, pois as pessoas trabalham mais felizes e isso reflete no atendimento e serviço oferecidos, que tendem a ser qualificados.

De que modo se pode apostar na gestão clínica?

Como se não bastasse todas as melhorias que os programas de acreditação oferecem para as instituições visando uma gestão clínica de qualidade, estes ainda possuem uma relação direta com outros fatores importantes.

Um deles diz respeito aos custos. No caso, com a redução do retrabalho, a contenção de funcionários, a satisfação dos pacientes e a melhoria na imagem como um todo, é inevitável que haja o aumento dos lucros.

Além disso, com os processos organizados e os colaboradores cada vez mais qualificados, o resultado final é a excelência na oferta dos serviços médicos. Afinal, uma gestão clínica apenas é satisfatória quando atinge o objetivo final da instituição: promover a melhoria na saúde dos seus clientes.

Lembre-se de que a qualificação e a certificação da acreditação têm a ver, exclusivamente, com o compromisso e os interesses dos gestores e proprietários de clínicas e hospitais. No momento em que é feita a opção por passar pelo programa, a equipe precisa aceitar e estar aberta às melhorias. Afinal, dependendo do resultado da análise, o trajeto pode ser longo e diversos processos podem passar por mudanças bruscas.

Assim, é fundamental que a gestão clínica também saiba lidar com o clima durante todo o projeto e demonstrar, com dados e fatos, a importância que estas melhorias oferecerão para a organização. Isso inclui garantir que as regras e definições serão seguidas à longo prazo.

Deseja conhecer mais sobre gestão clínica? Conheça já as soluções da Visto Sistemas!

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer se juntar à discussão?
Sinta-se à vontade para contribuir!

Deixe um comentário