calibração de equipamentos

Calibração de equipamentos em Saúde: otimize os procedimentos com ajuda de um software especialista

A calibração de equipamentos é uma das etapas mais importantes em qualquer empresa da área de Saúde. Isso porque, durante os procedimentos que fazem parte da auditoria, se faz necessária a análise de vários critérios que comprovem a qualidade de cada produto.

É por tal motivo que tanto o registro quanto as métricas de dados coletados precisam ser vistos e acompanhados bem de perto.

Neste post, vamos abordar o porquê de ter um controle sobre o “ciclo de vida”, a potência, as formas de conservar tais itens em bom estado, a importância do histórico da calibração de equipamentos e como um software especialista pode ajudar nessa missão. Leia mais!

Do que se trata a calibração de equipamentos?

Com o decorrer do tempo, é normal que a performance de qualquer equipamento diminua gradativamente. Afinal, quanto mais vezes ele for utilizado, maiores são as chances de que haja não conformidades em sua aplicação diária. É importante lembrar ainda que a falha na mensuração não diz respeito somente ao item. Demais fatores, sejam internos ou externos, também impactam no resultado final.

Uma vez que não acompanhamos o desenvolvimento da falha por um certo período, isso acaba maximizando as chances de gaps na gestão da qualidade e de escolhas infundadas na procura pela otimização de atividades. Quando um equipamento em Saúde demonstra falhas – e estas não são identificadas -, elas continuarão fazendo parte do procedimento e impactando decisões sobre as mais diversas etapas.

A maneira mais comum de categorizar a performance de um equipamento se dá através da calibração. É fundamental que ela seja aplicada de tempos em tempos, sendo também um requisito indispensável para que as informações coletadas na medição sejam assertivas.

A calibração de equipamentos precisa ser feita como avaliação de corte ao passo em que novos itens são comprados. É extremamente importante em casos nos quais há algum tipo de dúvida sobre desempenho ou reparação de produtos. Deve-se, ainda, analisar a segurança dos materiais, auxiliando em escolhas melhor embasadas e mantendo a excelência em alta.

Qual a importância do procedimento, na prática?

A calibração de equipamentos proporciona, de modo facilitado, verificar se instrumentos de medição estão em plenas condições de usabilidade. Isso acontece por meio do contraste com números e dados oferecidos previamente, executando quando preciso suas alterações.

Precisamos lembrar ainda que a calibração de equipamentos é obrigatória em todos os instrumentos de medição que geram impacto na precisão de avaliações. Isso inclui também os que não são diretamente ligados à métricas, como aqueles de monitoramento do local de trabalho ou estoque de testes.

É necessário, porém, estar atento ao fato de que nem todos os instrumentos de medição precisam ser calibrados. Geralmente a obrigatoriedade se aplica nos casos em que estes materiais são utilizados para acompanhar processos de qualidade.

Logo após os procedimentos de calibração, é preciso que as informações levantadas sejam divulgadas em um registro, já que podem ajudar nas escolhas feitas. Um bom exemplo de como isso impacta na gestão é visto na possibilidade de fazer alterações, além de manter uma comunicação estreita entre a orientação do produto e a medida padronizada.

Essa atividade pode apontar demais objetivos – como resultados das amplitudes de impacto sobre a orientação – ou reações quando se trata de métricas em situações atípicas de uso. Devemos salientar ainda mais um aspecto de influência: a atenção e o compromisso com a manutenção do equipamento.

Excelência e periodicidade da calibração

Organizar um sistema de calibração de equipamentos em Saúde, que inclua os requisitos predeterminados conforme as leis da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), é essencial para uma gestão assertiva da qualidade. A calibração precisa ser implementada em um processo, tornando-se requisito por muitos fatores. Alguns deles são:

  • Tipo de equipamento e periodicidade estabelecida pelo fabricante;
  • Análise da tendência conforme os dados das calibrações anteriores;
  • Histórico de uso e manutenção;
  • Comparações com frequência de equipamentos similares;
  • Aperfeiçoamento da medida.

Equipamentos de medição

A decisão por um equipamento de medição com qualidade assegura exatidão e segurança, além de reduzir gastos mais à frente com preservação e calibração – entre outros fatores.

De que forma o VIGIX pode ajudar na calibração?

O VIGIX ajuda a assegurar que todo o equipamento de medição e teste, inclusive mecânico, automatizado ou eletrônico, seja adequado para fins a que se destina e capaz de produzir resultados válidos. Veja alguns alinhamentos do módulo de calibração do VIGIX, a seguir:

  • Registro e histórico;
  • Emissão do certificado;
  • Procedimentos e métricas;
  • Controle de validade.

Desenvolvido com total acompanhamento de metrologista, o módulo oferece a possibilidade de a empresa realizar a calibração dos equipamentos internos e também realizar serviço de calibração de equipamentos de terceiros.

Nele é feito o registro, o controle de equipamentos calibrados interna e externamente e a notificação de validade, o que oferece uma garantia de cumprimento da norma e também afeta diretamente muitos outros produtos. Após obter as informações de medição, realiza os devidos cálculos e dispõe os resultados conforme padrões previamente indicados. Gerando os laudos correspondentes, bem como o controle sobre as datas de vencimento.

Você tem equipamentos que necessitam de calibração permanente e exata? Utilize o módulo do VIGIX para ter total controle sobre fluxos, indicadores do processo e excelência na precisão dos pesos e medidas.

Para entender ainda mais sobre o VIGIX e sua relação com calibração de equipamentos, clique aqui! Neste link você confere todas as funcionalidades, benefícios e depoimentos.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer se juntar à discussão?
Sinta-se à vontade para contribuir!

Deixe um comentário