Gestão de pessoas em saúde

Gestão de pessoas em saúde: 3 processos que um software especialista consegue otimizar

Atuar na gestão de pessoas em saúde é um desafio constante, seja para os responsáveis pelo setor de Recursos Humanos ou líderes da organização.

Compreender as necessidades e subjetividades dos funcionários e conciliá-las aos objetivos da empresa é uma tarefa bem estratégica. A qual exige um trabalho de análise e busca de soluções permanentemente para garantir o melhor desempenho do negócio.

Isso porque, quando se trata da gestão de pessoas em saúde, é necessário funcionários com alto nível de expertise técnica. Além de muita organização nos processos internos de trabalho para garantir a efetividade e segurança dos produtos. Controlando a qualidade em cada ponto da produção, sem recorrer ao custoso e pouco efetivo microgerenciamento.

No nosso post sobre RH estratégico, nós já falamos sobre a necessidade de uma gestão de pessoas desse tipo. Que se afasta da visão burocrática dos Recursos Humanos e constrói processos modernos e automatizados, consolidando este setor como uma parte decisiva no sucesso da empresa.

Principais erros na gestão de pessoas em saúde

E para que a gestão de pessoas em saúde garanta uma performance sustentável da organização, é preciso lidar com os erros mais comuns que sabotam um gerenciamento de recursos humanos estratégico. Entre eles, estão:

– O acompanhamento deficiente das informações do RH;

– Os processos de aperfeiçoamento que não atendem às normas;

– A complexidade na geração de relatórios

– Os erros na comunicação interna da empresa.

Além de um processo de Recrutamento e Seleção ineficaz, com alto índice de rotatividade e custos excessivos para o seu negócio. A partir desses erros, podemos perceber o quanto a falta de automação nos processos internos acaba impactando no dia a dia organizacional.

Isso porque força de vontade ou intenção são importantes para construir um bom time de Recursos Humanos, mas não suficientes. O foco principal do setor de gestão de pessoas em saúde não pode ser somente em processos básicos e burocráticos. Mas em apresentar soluções que atendam às necessidades da empresa e otimizem seus resultados.

Tudo isso com a ajuda da tecnologia e automação, é claro!

3 tipos de processos que um software de gestão de pessoas em saúde pode otimizar

1- Gestão dos colaboradores

Entre os primeiros processos que um RH estratégico deveria automatizar, podemos citar a gestão dos colaboradores da empresa: dados como formações, diplomas, dependentes, treinamentos e mesmo faltas e promoções não podem estar mal organizadas ou confusas.

A desorganização destas informações causa lentidão em todos os outros processos do seu negócio. Além de gerar prejuízos e colocar o negócio em um situação vulnerável perante a gerência de seus próprios funcionários.

2- Plano de cargos e salários

Um outro processo que pode ser otimizado na gestão de pessoas em saúde é o plano de cargos e salários.

Essa é uma tarefa fundamental do RH para garantir a motivação dos funcionários. E, fora isso, mantê-los estimulados a desenvolverem cada vez mais a sua produtividade e os seus níveis de qualificação.

Afinal, o que faz um profissional permanecer em uma empresa não é apenas a recompensa financeira. Mais do que isso, é acreditar no significado e propósito do seu trabalho. Seja para a sua vida, empresa ou sociedade como um todo.

Por isso, a possibilidade de alcançar o reconhecimento pelo seu talento com oportunidades de crescer dentro da organização pode impulsionar o engajamento dos funcionários. Assim, garantindo que esse tempo de permanência seja ainda maior.

Tendo isso em mente, o RH precisa estabelecer um plano de cargos e salários com critérios claros e condizentes com a realidade do negócio. Além de assegurar que ele seja aplicado de forma coerente no dia a dia da gestão de pessoas em saúde.

3-  Atração e retenção de talentos

As empresas fabricantes e distribuidoras da área da Saúde precisam de funcionários cada vez mais comprometidos com o sucesso da organização. E dedicados ao desenvolvimento de produtos com o mais alto nível de qualidade e segurança.

Por isso, atrair estes talentos exige um processo de Recrutamento e Seleção efetivo, capaz de encontrar o profissional que melhor se adequa às características da vaga disponível. Mas também de detectar se aquela pessoa tem afinidade com os valores e a cultura do seu negócio.

Uma contratação de sucesso tem reflexos não só no engajamento e na produtividade do funcionário, como na redução de custos e riscos legais. E, principalmente, nos índices de rotatividade da empresa.

Investir em processos automatizados de Recrutamento e Seleção é algo fundamental para minimizar os erros nessa etapa tão importante. Já que uma escolha inadequada pode não só gerar gastos com treinamentos desnecessários, como custos trabalhistas elevados.

Obviamente, nenhum sistema é capaz de substituir a análise humana, realizada por uma equipe bem treinada e focada em resultados. Mas os softwares de gestão de pessoas em saúde podem servir como um auxílio importante. Organizando informações que vão desde o banco de currículos até o cadastramento de vagas e a contratação de novos profissionais em um único lugar.

Assim, a gestão de pessoas fica mais ágil e os funcionários do RH conseguem obter mais tempo para se dedicar às tarefas estratégicas do time.

Se você ficou curioso para entender melhor o que um software de gestão de pessoas em saúde pode fazer pelo seu negócio, conheça agora o módulo do Vigix voltado para esta área e experimente!

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer se juntar à discussão?
Sinta-se à vontade para contribuir!

Deixe um comentário